Descobrindo seu chamado I – Renato Marinoni

descobrindo

Vamos começar com uma série de artigos falando sobre a importância do chamado ministerial! Cada igreja que eu visito, cada conversa que eu tenho com algum pastor, cada oficina ou workshop que eu dou pra ministérios, só me faz perceber como é importante falarmos, estudarmos sobre o porquê, como e pra que Deus nos chama! E como podemos cumprir este chamado e, assim, fazermos a obra que Deus nos confiou!

Agora, quero começar esta série de estudos com a pergunta, por que servimos ao Senhor? Por que decidimos nos colocar à serviço da obra de Deus?

Por que servimos ao Senhor?

1) Desejamos servir ao Senhor porque O amamos e o amor d´Ele nos constrange

Bem, primeiramente, servimos ao Senhor, porque o amor d´Ele por nós nos constrange (2 Cor. 5:14) .Se Ele sendo Deus, entregou tudo por nós, por que nós deveríamos entregar menos do que tudo? O apóstolo Paulo chega a dizer, em Romanos 1:14, que se sentia como um devedor do Senhor.

Gosto muito de uma frase do renomado pastor e líder de adoração Marcos Witt, quando ele diz que a pergunta certa seria “Como eu posso não servir a esse Deus?” Isso é impossível! Quando somos alcançados pela graça e pelo amor do Senhor, a atitude do nosso coração é de nos entregarmos totalmente ao Seu serviço.

Uma coisa muito importante que precisamos entender é que eu não faço a obra de Deus pra “comprar” a minha salvação. Eu não exerço o meu ministério pra poder “garantir” o meu lugar no céu. Essa atitude não é correta! Fazendo assim, eu estou dizendo que o sacrifício de Jesus não foi suficiente para pagar o débito dos meus pecados em sua totalidade. Mas veja o que a Palavra de Deus diz:

“Porque nos convinha que tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime que os céus, que não necessita, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, UMA VEZ POR TODAS, quando se ofereceu a si mesmo”. (Hb. 7: 26-27, grifos do autor)

2) Servimos ao Senhor porque isto é um privilégio

Precisamos entender que Deus escolheu realizar a Sua obra através de nós, seres humanos mortais, falhos, inconstantes. Que grande privilégio este! O Criador do Universo que tem os anjos à sua disposição, nos escolheu e nos encarregou pra fazer a Sua obra! Já parou para refletir um pouco sobre isso?

O salmista, quando refletiu sobre isso, também se maravilhou com esta verdade. “Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites?” (Salmo 8:3-4)

Quando começamos liderar uma equipe, ou um ministério, ou quando temos contato com pessoas, já podemos perceber que não nos parece que Deus fez uma boa escolha.

Mas esse é um fato que devemos aceitar, pois a Palavra de Deus nos revela que mesmo Ele sendo Deus, Ele escolheu usar pessoas como eu e você! A Igreja é chamada de “o Corpo de Cristo”, ou seja, (leia o que escreverei sem nenhuma lente megalomaníaca!) somos a manifestação de Cristo nesta terra.

Mas o que é o Corpo sem O Cabeça? Dependemos d´Ele pra tudo, pra termos vida e direção! Então, eu tenho que entender que Deus tem um propósito pra realizar na minha vida. Encontro muitas pessoas que me falam como é lindo ver alguém que Deus chamou para o ministério! Tudo bem, entendo que Deus chama pessoas integralmente para o ministério, mas algumas pessoas dizem isso como se Deus não tivesse lhes confiado nenhum dom, nenhum ministério, e o melhor que elas podem fazer é freqüentar cultos!

Isso é uma grande mentira! Deus tem uma obra pra realizar através de cada um de nós! Ele chamou cada um de nós para cumprir um propósito específico! E essa obra não depende diretamente do meu estudo, da minha capacitação, das minhas habilidades. (embora, tudo isso, com equilíbrio, seja importante!) Mas a obra de Deus é feita na força de Deus!

Ah, como isso é libertador! Por mais que eu estude, por mais que eu tenha títulos, por mais que eu me capacite, eu nunca estarei apto o suficiente a fazer a obra de Deus, se eu não aprender a depender da sua graça e da sua unção em minha vida! Não estou dizendo que buscar a capacitação é errado, pelo contrário, mas não posso colocar o conhecimento acima da minha dependência de Deus!

Conclusão

Espero que vocês reflitam em tudo isso que falamos, e que você se dê conta de que tremendo privilégio é podermos servir ao Senhor com nossos dons e cumprindo o chamado que Ele nos deu.

Na semana que vem vamos falar um pouco mais sobre os dons e como podemos entendê-los melhor e o que a Bíblia nos ensina sobre isso!

No amor do Senhor,

Renato Marinoni
Autor do Livro: “Mergulhando na Adoração”
Ministro de louvor, professor do CTMDT e palestrante.
twitter.com/renatomarinoni

Compartilhar:

10 respostas para “Descobrindo seu chamado I – Renato Marinoni”

  1. Melquisedeque disse:

    Aleluia, Que Tremendo ler esse texto, Fui muito edificado e lembrado que Deus capacita os chamados, Um Grande Abraço

  2. Muito Legal Renato… Parabens, eu preciso praticar isso

    @rafaelvmaia

  3. Brenno Jeronimo disse:

    nooossa qe benção! gostei desse site..
    è verdade msm nos temos qe fazer a obra de Deus msm e todo louvor e adoração pertence a ele.

  4. Susan Silva disse:

    Parabéns Renato,
    q benção…
    muito bom!

  5. Olá, pessoal! Fico feliz em saber que este artigo abençoou a vida de vocês! E que todos nós possamos buscar viver no centro da vontade do Senhor a cada dia! Fiquem ligados nos próximos artigos desta série! Um abraço a todos! E sempre divulguem o portal para os amigos de vocês!

  6. Márcia Menezes disse:

    Amei o site, ficou lindo, e acima de tudo com conteúdo realmente edificante pra quem exerce algum ministério no Corpo de Cristo. Creio, no Senhor, que será uma ferramenta valiosa para todos aqueles que visitarem. Estou divulgando no twitter.
    Que toda honra e glória seja a Jesus – mais Sublime que os Céus!!!

    Márcia Menezes

  7. Gerson IBNC Araújo disse:

    Muitas vezes observamos esse confronto de “paradoxos” nos ministérios. A pessoa tem um chamado, se debruça em cima disso e não estuda. Acha que Deus vai mandar sua capacitação por malote. Outros não se convencem que são chamados, mas passam boa parte da vida buscando orientação em que área se dedicar ou até tentando somar em áreas erradas. É bom saber que somos chamados, que fazemos parte do projeto de Deus e que Ele tem uma função pra cada um de nós. Não nos chamou pra sermos “turistas” de igrejas ou apenas para colocar nosso nome na lista de membros. Ele quer e pode nos usar mais do que pensamos. Basta nos colocar na presença Dele que logo entraremos nessa sintonia espiritual com Ele. É bom ser chamado, mas melhor é ser eficaz no chamado que o Pai nos fez.

  8. DANILO ARAUJO disse:

    Quero agradecer a Deus que nos dias de hoje tem levantado homens como um proposito firme no Senhor, fui mutio abençoado através deste site e tambem com o Seminário de Louvor e Adoração em Petrolandia – PE, com Renato Marinoni e o Jean Haberman. Que o Senhor vos abençoe e os use.

  9. Annanda disse:

    Que bênção viu? esse projeto é encantador, fiquei muito radiante quando ví o JC ( aluno do CTMDT) divulgando no Face dele! Renato, que bênção esse artigo viu? que o Senhor te abençoe muuuito!!!

  10. Núbia Cristina Lima dos Reis disse:

    Deus é tão perfeito maravilhoso . Fico maravilhada por fazer parte dos projetos de Deus aqui nesta terra. Sou líder do louvor da Igreja Comunidade Cristã Betel em Petrópolis .Quando fui chamada pelo Senhor para liderar ,não sabia nem por onde começar, mas o Senhor tem me nos capacitado como ministério … e o nosso maior anseio é que o Senhor receba os frutos do Seu penoso trabalho através de nós !

Deixe uma resposta